Tipos de Lentes de Contato: Entenda como Escolher a Melhor Opção

Tipos de Lentes de Contato

Tipos de Lentes de Contato: Entenda como Escolher a Melhor Opção. As lentes de contato são uma excelente alternativa para pessoas que desejam corrigir problemas de visão sem precisar usar óculos. Com o avanço da tecnologia, há uma grande variedade de tipos de lentes disponíveis no mercado, cada uma com suas características e indicações específicas. Neste guia completo, você encontrará todas as informações necessárias para escolher a melhor opção de lente de contato para suas necessidades.

Lentes de Contato Rígidas e Gelatinosas

As lentes de contato podem ser divididas em dois principais tipos: as lentes rígidas e as lentes gelatinosas. As lentes rígidas são feitas com materiais não-flexíveis e são indicadas para graus mais elevados de erros refrativos, como miopia, astigmatismo e hipermetropia. Já as lentes gelatinosas são mais maleáveis e recomendadas para graus mais baixos de erros refrativos.

É importante destacar que muitas pessoas relutam em usar lentes rígidas devido ao receio do desconforto. No entanto, as lentes rígidas atuais são feitas com materiais de alta permeabilidade ao oxigênio, o que as torna mais finas e confortáveis. Além disso, essas lentes proporcionam melhor nitidez visual, mais saúde para os olhos e são mais duráveis e fáceis de manter.

As lentes gelatinosas, por sua vez, são mais confortáveis devido à sua maior quantidade de água. Elas são feitas de silicone e hidrogel, permitindo uma boa permeabilidade ao oxigênio. Essas lentes podem ser usadas por pessoas que têm miopia, hipermetropia e até mesmo astigmatismo. No entanto, em casos de graus muito altos, é importante consultar o oftalmologista para verificar a necessidade de usar lentes rígidas.

Tipos de Lentes de Contato de Acordo com a Função

Além do material, as lentes de contato também podem ser classificadas de acordo com sua função ou objetivo de uso. Conheça os principais tipos:

Lentes Tóricas

As lentes tóricas são direcionadas para a correção de astigmatismo, que é uma irregularidade da córnea que causa visão embaçada tanto de perto quanto de longe. Essas lentes também podem ser usadas para corrigir miopia e hipermetropia. São indicadas para pessoas que apresentam esses tipos de erros refrativos.

Lentes Multifocais

As lentes multifocais são capazes de oferecer foco para diferentes distâncias, tanto para longe quanto para perto. São indicadas principalmente para pessoas com mais de 40 anos que sofrem de presbiopia, conhecida popularmente como “vista cansada”. Essas lentes podem ser tanto gelatinosas quanto rígidas.

Lentes Terapêuticas

As lentes terapêuticas são utilizadas para reduzir a dor causada por abrasões, erosões ou úlceras corneanas. Também podem ser usadas para melhorar o desconforto após procedimentos cirúrgicos, como sutura de córnea, transplante ou cirurgia refrativa. Essas lentes são geralmente gelatinosas e não precisam ser retiradas à noite. É importante que sejam constantemente supervisionadas pelo oftalmologista.

Lentes Estéticas

As lentes de contato estéticas são tingidas ou pintadas e podem ter efeito de correção visual ou serem adaptadas em olhos sem problemas de visão. São indicadas para alterar a coloração dos olhos por motivos estéticos, cobrir cicatrizes e opacidades corneanas, ou até mesmo para cobrir cataratas hipermaduras que não necessitam de cirurgia.

Cuidados para Manter os Olhos Saudáveis

Para garantir uma correção visual segura e eficiente com as lentes de contato, é essencial seguir alguns cuidados específicos. As complicações oculares são a principal causa de desistência do uso de lentes de contato, muitas vezes devido à falta de obediência às orientações de manutenção e troca das lentes.

A presença da lente de contato altera o mecanismo de defesa natural do olho, tornando-o mais suscetível a infecções. Portanto, é imprescindível seguir corretamente as orientações de limpeza e manutenção. A seguir, apresentamos alguns cuidados importantes:

  1. Use apenas lentes de contato que tenham sido adaptadas por um médico oftalmologista e siga sempre as orientações de uso.
  2. Lave as mãos cuidadosamente antes de manusear as lentes de contato.
  3. Utilize produtos específicos para a limpeza e conservação das lentes, levando em consideração que os produtos para lentes gelatinosas são diferentes dos utilizados para lentes rígidas.
  4. Realize a limpeza dos estojos das lentes pelo menos uma vez por semana, utilizando água quente e uma escova de dentes, sem sabão. Troque o estojo a cada 6 meses.
  5. Antes de tocar nas lentes de contato, lave as mãos com sabonete neutro e seque-as com toalhas que não soltem fiapos.
  6. Evite dormir com as lentes de contato, pois isso diminui a oxigenação da córnea e pode causar complicações. Em casos específicos, o médico pode recomendar o uso de lentes terapêuticas que não precisam ser retiradas à noite, mas isso deve ser considerado uma exceção e não uma regra.
  7. Troque diariamente o líquido dos estojos das lentes e nunca utilize água da torneira para limpar as lentes de contato.
  8. Utilize colírios lubrificantes enquanto estiver usando as lentes de contato para evitar o ressecamento ocular.
  9. Caso ocorra alguma alteração ocular, como dor, olho vermelho ou secreção, retire imediatamente as lentes de contato e procure um oftalmologista.
  10. Nunca utilize lentes de contato com prazo de validade vencido.
  11. Não compartilhe suas lentes de contato com outras pessoas.

Seguindo essas orientações e realizando consultas regulares ao oftalmologista, você poderá desfrutar de uma correção visual eficiente e manter seus olhos saudáveis ao usar lentes de contato.

Conclusão

Ao escolher as lentes de contato adequadas para suas necessidades, é fundamental conhecer os diferentes tipos disponíveis no mercado. As lentes rígidas e gelatinosas apresentam características distintas e são indicadas para graus de erros refrativos diferentes. Além disso, as lentes podem ser classificadas de acordo com sua função, como as lentes tóricas, multifocais, terapêuticas e estéticas.

Lembre-se sempre de seguir os cuidados necessários para manter seus olhos saudáveis ao utilizar as lentes de contato. Siga as orientações de limpeza, manutenção e troca das lentes, e não deixe de realizar consultas regulares com o oftalmologista para garantir uma correção visual segura e eficiente.

Esperamos que este guia completo tenha esclarecido suas dúvidas e auxiliado na escolha das melhores lentes de contato para você. Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook e Instagram)! Estamos te esperando.

Leia Também:

Você sabia que a gravidez pode afetar sua visão?

Lentes de Contato: Uma Vida Mais Prática e Confortável

8 Alimentos Essenciais para a Saúde dos Olhos

Combine a cor dos olhos com os Looks coloridos

Lentes de Contato na Performance Esportiva

Oftalmologista e Optometrista: Qual a Diferença?

 

Fonte: Drauzio

 

Postagens