Por que dilatam a pupila? Entenda mais

 

Porque Dilatar o Olho
Porque Dilatar o Olho

Por que a dilatação da pupila é realizada em exames oftalmológicos: A importância do procedimento

Por que dilatam a pupila? Entenda mais – A visita ao oftalmologista pode gerar dúvidas e apreensão para muitas pessoas. A imagem mais comum que temos é a da tabela com letras diminuindo de tamanho para testar a visão. No entanto, o exame realizado pelo médico oftalmologista vai além disso. Em alguns casos, é necessário realizar a dilatação da pupila. Neste artigo, vamos entender por que esse procedimento é feito e qual a sua importância nos exames de vista.

 

A pupila: A abertura que controla a entrada de luz

O olho é um órgão complexo, composto por várias estruturas. Uma delas é a pupila, um orifício localizado no centro da íris, a parte colorida do olho. A pupila possui um diâmetro ajustável, o que é importante para controlar a quantidade de luz que entra nos olhos.

Esse processo garante a qualidade e nitidez da imagem que enxergamos. Em ambientes com bastante luminosidade, a pupila se contrai, reduzindo o seu diâmetro para evitar excessos de luz. Em ambientes escuros, ela se dilata para captar o máximo de luminosidade possível.

Durante uma consulta oftalmológica, o médico precisa examinar as estruturas internas do olho. No entanto, a tendência natural da pupila é se contrair diante da luz intensa, o que dificulta a realização do exame. Por isso, é importante dilatá-la para permitir uma melhor visualização dessas estruturas.

O processo de dilatação da pupila

Agora que entendemos como a pupila funciona, vamos explicar como ocorre o processo de dilatação. O oftalmologista ou outro profissional da área da saúde, como um técnico de enfermagem ou enfermeiro, irá aplicar um colírio dilatador. Essa medicação estimula a contração dos músculos que controlam a pupila e o relaxamento daqueles responsáveis pelo foco.

O colírio leva, em média, 30 minutos para começar a fazer efeito. Pessoas de olhos claros tendem a ter suas pupilas dilatadas mais rapidamente. O exame em si dura apenas alguns minutos. No entanto, os efeitos do colírio podem durar de 4 a 24 horas. É importante ressaltar que crianças podem ser mais sensíveis e sentir os efeitos por um período mais longo.

Possíveis desconfortos causados pela dilatação da pupila

A dilatação da pupila pode causar alguns desconfortos temporários, mas é importante lembrar que esses efeitos são passageiros. Alguns dos sintomas que podem ocorrer são:

  • Dificuldade em enxergar, especialmente de perto;
  • Sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Ardência.

A maioria desses desconfortos desaparece entre 4 e 6 horas após o procedimento de dilatação. No entanto, a dificuldade em enxergar pode persistir por mais tempo.

Doenças que podem ser diagnosticadas por meio do exame com dilatação da pupila

Por que dilatam a pupila? Com a pupila dilatada, o oftalmologista consegue examinar com mais detalhes as estruturas oculares, especialmente as localizadas no fundo do olho. Essa ampla visualização possibilita o diagnóstico de diversas doenças. Vejamos algumas delas:

Ceratocone

O ceratocone é uma doença hereditária que provoca uma alteração na estrutura física da córnea, prejudicando a visão. Um dos sintomas desse distúrbio é a sensibilidade à luz e a ocorrência de visão dupla.

Catarata

A catarata é caracterizada pela opacidade do cristalino do olho, que deixa de ser transparente. Existem diversos tipos de catarata, como a senil, que afeta pessoas acima de 55 anos, e a congênita, que está associada a condições genéticas.

Glaucoma

O glaucoma é uma das principais causas de cegueira irreversível no mundo. Por isso, é importante realizar consultas oftalmológicas regularmente, uma vez que o início da doença pode ser assintomático.

Descolamento de retina

O descolamento de retina ocorre quando a camada se separa do globo ocular. Além dos problemas de visão, o descolamento de retina pode ocasionar degeneração celular, sendo necessário tratamento urgente.

Degeneração macular

Além do descolamento de retina e do glaucoma, outros problemas podem causar perda da visão, como a degeneração macular. A mácula é uma região da retina onde a luz é convertida em impulsos elétricos para serem transmitidos ao cérebro. Geralmente, essa doença afeta pessoas com mais de 50 anos.

Além das doenças mencionadas, a dilatação da pupila é importante para verificar corretamente o grau dos problemas oculares sem a interferência dos músculos locais.

Preparativos para o exame com dilatação da pupila

De maneira geral, não há preparativos específicos para o dia do exame. No entanto, algumas precauções podem melhorar a sua condição temporária de visão comprometida.

Primeiramente, é importante contar com a companhia de uma pessoa de confiança com mais de 18 anos. Essa pessoa será responsável por auxiliá-lo enquanto sua visão estiver comprometida. Ela poderá ler placas, auxiliá-lo a atravessar a rua ou oferecer carona. O uso de óculos escuros ajudará a reduzir o desconforto causado pela sensibilidade à luz. Se possível, reserve o dia para descansar, já que você estará incapaz de retornar ao trabalho ou realizar diversas atividades.

A dilatação da pupila é fundamental para o diagnóstico de diversas doenças oculares. Não podemos esquecer que as crianças também devem passar por esse exame. Muitas delas sofrem com problemas de visão, mas não têm como expressar o desconforto. Essa condição pode afetar seu desenvolvimento escolar. Para saber mais sobre esse assunto, confira nosso artigo sobre como os problemas de visão impactam no desenvolvimento escolar.

Lembre-se sempre de consultar um oftalmologista para avaliar sua saúde ocular e realizar os exames necessários para manter sua visão em perfeito estado.

 

Informação Adicional: A saúde ocular é fundamental para a qualidade de vida das pessoas. É importante realizar consultas regulares com profissionais especializados para prevenir e tratar problemas visuais. Sempre consulte um médico oftalmologista em caso de sintomas ou dúvidas sobre sua visão.

 

Confira as lentes que trabalhamos:

 

Fonte: Ministério da Saúde

 

Postagens