Lentes de contato oftalmológicas

Conheça os tipos de Lentes de Contato Oftalmológicas

Corretivas

As lentes de contato geralmente servem para a mesma proposta corretiva que os óculos convencionais, porém elas são mais leves e virtualmente invisíveis. Fora que as lentes de contato corrigem a miopia com 5% a mais de eficácia comparada aos óculos convencionais. Muitas lentes comerciais são tingidas com um azul fraco para torná-las mais visíveis quando estiverem imersas em soluções de conservação ou limpeza.

 

Cosméticas

As lentes cosméticas e as corretivo-cosméticas são coloridas propositalmente de modo que alteram a aparência do olho. As pessoas escolhem usar lentes de contato por diversas razões. Muitos consideram que sua aparência fica mais atraente com o uso de lentes de contato, em comparação com os óculos. As lentes de contato são menos afetadas pelo clima úmido, não embaçam e proporcionam um campo de visão mais amplo. Elas são mais adequadas para diversas atividades esportivas. Adicionalmente, condições oftalmológicas como a ceratocone e aniseiconia podem não ser precisamente corrigidas com o uso de óculos.

 

Adaptação de Lentes de contato

 

Como acontece

As lentes de contato foram desenvolvidas para tornar menor a dependência dos óculos. Proporcionam melhora da autoestima, liberdade para prática de esportes e, em alguns casos, até a melhora da qualidade de visão. O teste de adaptação de lente de contato consiste na avaliação e indicação do tipo, modelo e tamanho de lente de contato após exame oftalmológico completo.

 

Informações médicas

As lentes dos óculos nem sempre conferem o mesmo grau para as lentes de contato. Além disso, o formato dos olhos muda de pessoa para pessoa, podendo a lente ficar mais frouxa ou apertada, causando borramento visual e piora da oxigenação da córnea. Uma lente bem adaptada confere saúde ocular, visão satisfatória e menor dependência dos óculos. Cuidados de manutenção e limpeza são fundamentais, assim como uma visita periódica a seu oftalmologista.

 

Contraindicações

Existem poucas contraindicações absolutas ao uso, porém, cada caso deve ser avaliado individualmente.

 

Fonte: Oftalmologia Especializada